Rss Feed
  1. Delírio ( Lauren Oliver)

    terça-feira, 13 de janeiro de 2015

    currently-reading...
    “Aprendi a ser muito boa nisso – dizer uma coisa quando estou pensando em outra, agir como se estivesse ouvindo quando não estou, fingir estar calma e feliz enquanto, na verdade, estou completamente descontrolada. É uma das habilidades que aperfeiçoamos quando crescemos.”                                                                                 – Página 45.

    Acredito que este livro seja aquele que você lê para sair de uma ressaca literária e mais, aquele que te envolve e te consome em um nível tão alto e tão incrível que você some do mapa e só volta quando termina de ler, eu simplesmente amei Delírio e com toda certeza do mundo ele está na minha lista Top20: Melhores livros lidos na vida. E quero deixar essa resenha registrada principalmente para que quando eu for relê-lo em outra época eu possa saber como me senti e me deitar de um sentimento diferente ou até mesmo confirmar o já existente. Lembro-me que minha paixão por livros começou com Sherlock há anos, e depois disso era um livro atrás do outro, ano passado bem no final, estava numa ressaca literária das "brabas", ler me irritava, pra quem me conhece isso é tosco e nada do meu feitio, acredito que fiquei assim com o término do Clube do Livro . E em um dia calorento sem nada pra fazer no final de Dezembro, já que eu tinha abandonado de vez o " A week in December" eu decidi começar a ler qualquer um na estante e eu olhei pra ele, me olhou de volta e bang!!! Não me arrependo nada dessa troca de olhares, aiai!

    Ganhei este livro da minha amiga mineirinha Marcella, aquele amor de mulher me mandou no nosso "amigo secreto não tão secreto de duas pessoas" ano retrasado, e eu me envergonho de ter esperado tanto tempo pra ler essa preciosidade, e ela tinha toda razão, eu realmente amei.

    Edição:

    A capa é muito bonita, e brilhosa num tom de verde que as vezes vira cinza, isso com certeza me chamou atenção! As letras são medianas e as folhas são bem resistentes e não são totalmente brancas o que eu achei muito bom, porque comigo as brancas dão um pouco de sono. Espaçado o suficiente, nem muito e nem pouco. Aprovado.

    Estória:

    “Disseram que o amor era uma doença. Disseram que ele acabaria nos matando. Pela primeira vez percebo que isso também pode ser mentira.” – Página 222.

     Delírio é o primeiro livro da trilogia, a qual ainda temos "Pandemônio" e "Requiem", uma distopia creio eu que futurística, não fantasiosa.

    Delírio conta a história de Lena (Magdalena) uma adolescente de 17 anos que vive em Portland, nos Estados Unidos, numa sociedade em que o amor é visto como uma doença e que existe uma cura para esse mal. Lena mora com sua tia Carol, tio e suas primas, pois sua mãe se matou quando era criança por ter contraído a doença,  não são ricas, mas vivem bem. Todos os habitantes da cidade são submetidos a intervenção ao completarem 18 anos, quando é a aplicada a cura, esta que uma vez aplicada tira da pessoa qualquer tipo de sentimento que envolva mais do mínimo de afeição permitido, deixando que a pessoa viva indiferente para o resto da vida. Porém antes da intervenção são submetidos a uma entrevista que conforme os resultados são entregues eles fazem um pareamento para decidir quem será par de quem em um casamento. Tudo bem automático e sem nada de sentimentos, também falam quantos filhos terá e qual sua profissão entre outras coisas. 
    Nessa encruzilhada da vida Lena vai aprendendo e descobrindo que aquela sociedade "perfeita" a qual foi ensinada a adorar e a respeitar, seguindo seus padrões não é mil maravilhas como imaginava, e que uma vida pode ser cercada de mentiras, e também que o amor não é tão perigoso quanto a indiferença! 

    Os personagens:

    Lena: Protagonista que cresce muito durante o passar do tempo, no começo eu não gostava muito dela por ser um tanto tapada. Mas aprendi que ela só era assim porque empunhavam para que fosse. No final do livro ela já está tão mudada que você tem orgulho dela!
    Hana: Melhor amiga de Lena e um doce, acredito que se não fosse por ela Lena ainda estava lá, como no começo.
    Alex: O garoto misterioso que sempre existe nos nossos livros de cada dia. Aquele pelo qual você se apaixonará! 

    Por ultimo só tenho que dizer que amei demais esse livro, e estou louca para começar Pandemônio! Espero comprar mês que vem e já começar a ler *-*

    Título Original: Delirium
    Autora: Lauren Oliver.
    ISBN: 9788580571646
    Editora: Intrínseca

    Edição: 1ª edição.


    “Você precisa entender. Não sou ninguém especial. Sou apenas uma garota. Tenho um metro e cinquenta e oito e sou mediana em todos os aspectos.Mas tenho um segredo. Você pode construir paredes até o céu, mas eu encontrarei uma maneira de voar por cima delas. Pode tentar me prender com cem mil braços, mas eu encontrarei um jeito de resistir. E há muitos de nós por ai, mais do que você imagina. Pessoas que se recusam a deixar de acreditar. Pessoas que se recusam a pôr os pés no chão. Pessoas que amam em um mundo sem muros, pessoas que amam em meio ao ódio, em meio à recusa, com esperança e sem medo.”                                                                                    – Página 341/342.

    Fiz uma resenha em video também :D


    Reações: 
    |
    | |


  2. 4 comentários:

    1. Talita Lopes disse...

      Que capa linda! ainda não conhecia *-*

      fiquei curiosa em ler

      beijos

      Talita
      www.cerejarocks.com

    2. Vindo de você Talita, esse comentário marca meu dia!
      Leia, é muito bom :3

    3. Ludymila Mello disse...

      Oi meu anjo, retribuindo a visita. Nao li o livro ainda mas tenho ele na minha lista interminavel de livros por ler. Beijos

      Blog Capricho Literario ❤

    4. Pois leia que amará *-*

    Postar um comentário