Rss Feed
  1. Tea Time! E o amor por chá.

    segunda-feira, 27 de julho de 2015

    @barbarelice


    Tome mais um pouco de chá a Lebre de Março disse a Alice, de maneira muito sincera.
       Como? Ainda não tomei nenhum Alice respondeu num tom ofendido não posso tomar mais.
      – Você quer dizer que não pode tomar menos falou o Chapeleiro é muito fácil tomar mais do que nada." (Alice no País das Maravilhas)

    Desde pequena eu tomo chá, não sei dizer quando veio essa paixão louca, esse sentimento de apego. Talvez sempre estivesse lá, eu que nunca fui a fundo nas descobertas, até porquê pra quem tem como parentes nordestinos, o chá só tem vez quando alguém está doente, risos. O pessoal lá em casa sempre foi da onda do "café preto bem forte", e eu, logicamente, sempre odiei café, hoje em dia uni o desgosto à saúde e estamos super satisfeitos tanto eu quanto  meu estômago

    Engraçado como a vida lhe prega peças, eu, a pessoa que só tomava chá de Erva Cidreira e Chá Mate, descobriu (até que enfim) que existem diversas  infusões e misturas. Que pode-se tomar chá quente, gelado, com leite. Que chá não é somente para se tomar quando está doente, e muito menos que é para se tomar... Chá é para degustar, para apreciar, para ser sentido bem no âmago da alma, chá é sim vida. Desde então (sabe-se lá quando) eu venho a apreciar cada xícara, cada sachê ou folha, entenda que eu não tenho horta ou coisa do tipo e ainda não sou familiarizada com lugares que as vendem para esse fim, então sim, dependo dos sachês da vida, mas um dia dou jeito e tenho minha própria plantação de hortelã e camomila


    Esse relacionamento que tenho com tamanha bebida, não é de amor e ódio, pelo contrário, é de muitíssimo amor, daqueles do tamanho do universo ao quadrado. Quando estou triste, pego minha xícara de chá quentinha e me aninho no cobertor, o dia melhora, até sorri de tão lindo, melhora ainda mais se está friozinho e chovendo. Quando eu estou feliz pego meu chá, seja ele quente ou frio, perceba que a felicidade em si já nos aquece, então eu topo um chá geladinho para dar aquele frio na barriga! Quando estou confusa ou pensativa demais me servir de chá ajuda a pensar melhor, e principalmente quando estou em meio de uma crise de ansiedade e não consigo dormir pela insônia, ou quando o pesadelo é muito forte, o chá faz o favor de me acalmar. Ele (sim, somos íntimos) tem o poder de me deixar melhor, e me sinto culpada por ter notado isso somente agora... Porém, chorar sobre o chá não bebido, não me fará tê-los, e sim só vai me deixar deprimida. E não se pode ficar triste falando de chá, bem sábio é o Chapeleiro por servir-se de chá sempre. Quero provar todos , de todo o jeito. *-*


    Vou começar a falar mais dos meus chás, em cada descoberta, quero mostrar todo tipo de infusão e até explicar mais sobre essas coisas maravilhosas para quem já gosta amar e para quem não gosta pelo menos se dar uma chance. Eu tenho a sorte de ter amigos que amam chá, e que se não gostam entendem e não me oferecem café, risos, e também de ter me juntado a alguém que ama tanto chá quanto eu ♥♥♥


    Que o chá aqueça os corações de vocês *-*


    “Às vezes tudo o que a gente precisa é um chá, um cafuné e um abraço apertado.” (desconhecido)
    Reações: 
    |
    | |


  2. 6 comentários:

    1. Anônimo disse...

      <3

    2. Derso disse...

      Chá > café =D

    3. Luana Matos disse...

      Que desenho fofo! E o seu amor por chá é super reconhecível kkkkkk por sua causa que eu comecei a experimentar os outros chás tipo o de hortelã que é um amor geladinho kkkk
      Eu acho que eu só não tomo tanto chá porque fui educada na base do café kkkk
      Ótimo texto Taw <3

    4. Tawani Nunes disse...

      Desenho é da linda da Barbarelice :3
      HAHAHA
      Beba quantos chás forem necessário para esse amor crescer ainda mais *-*

    5. Tawani Nunes disse...

      Chá é maravilhosamente melhor que café haha :3

    Postar um comentário