Rss Feed
  1. Ep#1 Aquele de um sonho distante

    sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015









    Era um dia calmo e até então chuvoso, peguei um livro de Jane Austen pra ler, nada combinava mais que Jane em um dia assim, meu marido brincava com nossa filha na sala e o silêncio reinava, depois de alguns minutos ali, completamente transportada para outro mundo, uma gritaria me despertou:
    - Hey querida, vem cá !!!
     - O que está acontecendo?
     - Nossa filha, ela está pirando ...
    Corri o mais rápido que pude, eu pensei que a minha menina estava tendo algum tipo de ataque. Quando eu cheguei na sala, ela estava chorando alto e puxando seu cabelo para baixo. Meu marido não podia fazer nada para ajudá-la, porque ele não sabia o que ela estava passando. Então me aproximei e eu sorri para ela.
    - Mamãe, o que está acontecendo comigo? Eu estou ficando louca?
    - Não querida, você não está louca, você está apenas nervosa, acalme-se, certo?  
    - Mas eu não posso, eu já tentei, mas ... eu não posso!
    - Tudo bem, você tem que fazer tudo o que eu vou dizer a você, e só dessa maneira que poderei ajudá-la. Ela não parou de chorar quando eu estava conversando com ela, ela estava ofegante e não conseguia se controlar. Então eu me sento no chão e segurou-a com os braços, carinhosamente.
    - Você precisa respirar fundo, lentamente ... Eu estou aqui, tudo vai ficar bem, você pode confiar em mim?
    - Sim mamãe! - Ela começou a fazer o que eu estava dizendo a ela, realmente lento ela foi se acalmando. - Mãe, você sabe por que essas coisas acontecem comigo? Não é a primeira vez .. - Eu sei, é uma espécie de agonia, você sente seu corpo tremendo e é parece que o seu coração está pulando fora de seu corpo, que tudo de ruim poderia acontecer em um segundo. Você simplesmente não pode esperar, você não tem paciência ...
    Ela olha para cima, assustada. Provavelmente pensando como eu sei todas essas coisas. Dou-lhe um sorriso e eu colocá-la de volta contra o meu peito:
    - Como é que você ..  
    - Eu sei, porque eu sinto isso o tempo todo! O que você estava passando é um ataque de ansiedade, e vai acontecer de novo e de novo. O que você precisa fazer é manter a calma, e não deixe que esse sentimento se controlar. Você tem-se o controle. Agora, feche os olhos ... Imagina o lugar mais bonito que você já sonhou, você está fazendo isso?
    - Sim mamãe! Meu marido estava olhando para nós todo esse tempo, impressionado com aquela cena.  
    - Agora que você está no lugar, o que você imagina?
    - Uma praia.
    - Uma fria? - Sim mamãe, como todas aqui na Inglaterra.
    - De onde eu venho as praias são quentes, não frias. Então, você pode imaginar uma praia quente?
    -  Sim ..  
    -  Você está sozinha?
    -  Somente eu.
    -  Imagine a brisa de verão, tocando seu rosto, agora ouça o som do mar.  
    - Eu posso ouvir !!! - Finalmente, ela estava sorrindo e todas as minhas preocupações voaram para longe.
    - Você pode dormir ouvindo isso?  
    - Sim .. - sua voz começar ficar fraca, mergulhando em sonho lindo .. - Mamãe ..
    - Sim, minha Luna ...  
    - Eu amo você, eu não sei o que eu faria sem você ...  
    - Você poderia dormir ..
    -  Eu Vou ...

      E ela dormiu. E quando acordou, percebeu que tudo não passara de um sonho e que nunca mais veria sua mãe de novo.


    Minhas crônicas vou postar em Inglês e em Português, pra eu poder treinar :D


    It was a calm and rainy day, I took a Jane Austen's book to read, nothing more matched like a Jane's book in a day like that, my husband was playing with our daughter in the living room and silence reigned. After a few minutes there, completely transported to another world, one screaming woke me up:


    - Hey baby, come here !!!
    - What's happening?
    - Our daughter, she's freaking out...
    I ran as fast as I could, I thought that my little girl were having a kind of attack. When I arrived at the living room she were crying out loud and pulling her hair down. My husband couldn't do anything to help her, because he didn't know what she was passing. So i came closer and I smiled to her.
    - Mommy, what's happening to me? Am I getting crazy?
    - No baby, you are not crazy, you're just nervous, calm down, All right?
    - But I can't, I've already tried, but... I can't!
    - alright,you have to do everything that I will say to you, and only that way I can help you.
    She didn't stop crying while I was talking to her, she was pursy and couldn't control herself. Then I sat down on the floor and held her with my arms, hugging dearly.
    - You need to breathe deep, slowly... I'm here, everything is going to be fine, can you trust me?
    - Yes mommy! - she started to do what I was telling her, really slowly she was calming down. - Mom, do you know why these things happen to me? It's not the first time..
    - I know, it's a kind of agony, you feel your body shaking and it's seems that your heart is jumping out of your body, that everything bad could happens in a second. You just can't wait, you don't have patience...
    She look up, scared. Probably thinking how do I know all those things. I give her a smile and I put her back against my chest.
    - How do you..
    - I know, because I feel this all the time! What you were passing by is an anxiety attack, and will happen again and again. What you need to do is be calm, and do not let this feeling control yourself. You've yourself control. Now, close your eyes... Imagine the most beautiful place you've ever dreamed about, are you doing that?
    - Yes mommy!
    My husband was looking to us all that time, impressed about that scene.
    - Now that you're at the place, what are you imagining?
    - A beach
    - A cold one?
    - Yes mommy, like every ones here in England.
    - Where I come from the beaches are warm, not cold. So, can you imagine a warm beach?
    - Yeah..
    - Are you alone?
    - All by myself.
    - Imagine the summer breeze touching your face, now listen to the ocean's sound.
    - I can hear !!! - finally she were smiling and all my worries flew away.
    - Can you sleep listening to this?
    - Yes.. - her voice start to be weak, dipping in lovely dream.. -Mommy..
    - Yes my Lune...
    - I love you, I don't know what I would do without you...
    - You could sleep..
    -I will...

     
    And she slept. Whe she woke up, she noticed that everything was a dream, and she would never see her mother again.

    Essa será uma série de crônicas que são de minha autoria que postarei uma vez por semana ou duas, não sei ainda.. Bom, é isso aí! :)

    Thank you! 
    Reações: 
    |
    | |


  2. 2 comentários:

    1. Luana Matos disse...

      Ja disse que você arrasa? Você arrasa! Escreve muito bem e a surpresa no final foi tipo nossa!
      Agora estou curiosa pelas proximas, vai ter proximas né?

    2. Vai sim Lu *-*
      Obrigada <3

    Postar um comentário